• sáb. maio 15th, 2021

Filho Vereador poderá fiscalizar pai Prefeito na nova gestão municipal, em Ji-Paraná

ByBaú

dez 23, 2020

Se isso realmente acontecer não é  ilegal constitucionalmente, mas é IMORAL.

A nova administração municipal nem começou e já está rolando a maior confusão nos bastidores da Câmara de Vereadores. Ji-Paraná pode entrar para a vergonhosa estatística onde o filho, Wellington Negão, possivelmente será o Chefe do Poder Legislativo que deve fiscalizar o Prefeito, Chefe do Executivo Municipal, Isaú Fonseca (MDB), eleito apenas com 27,57% dos votos válidos.

Segundo informações, ainda extras-oficiais, revelaram que 14 vereadores já aceitaram eleger o Vereador Wellington Negão (MDB) como Presidente da Câmara dos Vereadores por 2 anos, sendo que a proposta final é para que ele fique comandando a Casa de Leis nos próximos 04 anos, após uma alteração no Estatuto da Câmara.

De acordo com a fonte, obtida exclusivamente pelo o site COMANDO190, os Vereadores que já aceitaram o acordo são:

  • Wellington Negão (MDB)
  • Marcelo Lemos (PSD)
  • Lorenil Gomes (PSDB)
  • Ademilson Procópio (PTB)
  • Jucélia Dalapicolla (PSDB)
  • Wanderson Araújo (PSB)
  • Professor Elvis Gomes (REPUBLICANOS)
  • Joziel de Brito ( MDB)
  • Beto Wosniach (PDT)

Bastidores da política jiparanaense já confirmam que está tudo arquitetado e só estão aguardando a posse dos 17 vereadores para dar cumprimento a um plano macabro de dominação municipal onde uma família controlará a segunda maior cidade do Estado.

Espantosamente, de acordo com um Vereador eleito, a cerimônia da posse ocorrerá de portas fechadas, para evitar a movimentação popular, como a que ocorreu recentemente em uma das sessões ordinárias da Câmara.

O Presidente da Câmara (Chefe do Poder Legislativo Municipal) é o segundo cargo mais importante da cidade, pois a este cabe a nobre responsabilidade de acompanhar passo a passo tudo que um prefeito faz ou pretende fazer.

Esse cargo de relevância pode reprovar ou fazer vista grossa das prestações de conta de um município.

Se isso realmente acontecer não é  ilegal constitucionalmente, mas é IMORAL.

Fonte: Comando 190

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NORTE URGENTE NOTÍCIAS 24H Seja bem vindos ao nosso site
Norte Urgente.
Norte Urgente.