Para Temer, golpe é “inviável” por falta de “disposição” das Forças Armadas

154
Norte Urgente: Informação, na velocidade da notícia.
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-presidente disse esperar que as tensões entre Bolsonaro e os demais Poderes diminuam. “Isso não é bom para o país”

O ex-presidente Michel Temer afirmou que uma ruptura institucional no país é “absolutamente inviável” por falta de “disposição” das Forças Armadas. As declarações foram dadas em evento virtual com investidores promovido pelo BTG Pactual, nesta terça-feira (14/9). A informação é do portal O Globo.

Na semana passada, o ex-presidente foi responsável por ajudar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a escrever uma “declaração à Nação”, em que recuava de ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Não vejo desejo. Não vejo a disposição do Congresso. Isso [golpe] só acontece se as Forças Armadas têm disposição para isso. E as Forças Armadas hoje não têm nenhuma disposição”, declarou Temer.

Sem citar o sucessor, o ex-presidente disse esperar que as tensões entre Bolsonaro e os demais Poderes diminuam.

“Não acho que haja ativismo judicial. Quantas vezes no meu governo nós tínhamos problema com o Judiciário? O Supremo chegou a suspender um indulto [natalino] meu que é competência privativa do presidente. Nunca nos rebelamos contra as decisões judiciais. De uns tempos para cá, chegou-se a dizer que não se deveria cumprir algumas decisões. Isso não é bom para o país.”

Fonte: Metrópoles




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Don`t copy text!